Internet das coisas: o que é e qual a sua importância para as empresas?

Uma revolução tecnológica está em curso e seus efeitos estão cada vez mais presentes no dia a dia de todas as pessoas. A chamada internet das coisas promete transformar radicalmente o cotidiano do ser humano. E tornando-se cada vez mais essencial tanto nas residências quanto nas empresas.

Mas você sabe exatamente o que é a internet das coisas? Onde ela já está presente? De que forma ela pode transformar o seu trabalho? Pois neste artigo vamos explicar um pouco melhor o que é e o que representa esta revolução silenciosa.

O que é

O termo internet das coisas tem origem na expressão em inglês internet of things, ou simplesmente IoT. Ele se refere à interação e à conexão entre os mais variados objetos presentes na nossa rotina e a rede mundial de computadores.

Conectados à internet, esses objetos desempenham as mais variadas funções, com aplicabilidades diversas. Atualmente, é pouco provável que alguém realize suas tarefas rotineiras sem topar com algum dispositivo inserido no contexto da internet das coisas.

Basta um pouco de atenção à sua rotina para perceber esta nova realidade. A internet das coisas está na câmera de segurança que permite a você monitorar sua casa de forma online, mesmo a distância. Está também na smart TV por meio da qual você se conecta a algum serviço de streaming de vídeo, por exemplo.

A premissa da internet das coisas é de que, por meio da conectividade, objetos e equipamentos que utilizamos no nosso dia a dia terão seu desempenho otimizado, com novos usos e melhor desempenho, facilitando a vida das pessoas.

No trânsito, por exemplo, utilizando a internet das coisas, seu carro terá a capacidade de se comunicar com outros veículos. Dessa forma, poderá reportar a existência de engarrafamentos ou mesmo alertar para uma manobra brusca, prevenindo acidentes.

Na sua casa, sua geladeira poderá alertar sobre a falta de algum produto e até mesmo encomendar de forma online a sua reposição ao supermercado, sem que você precise programá-la.

Pouco a pouco, essas aplicações vão se popularizando e sendo incorporadas ao seu cotidiano. Estima-se que em 2020 existirão mais de 50 bilhões de objetos conectados, facilitando nossa vida e também criando perspectivas de novos negócios.

Internet das coisas nos negócios

A popularização da internet das coisas está revolucionando não apenas o cotidiano das pessoas no ambiente doméstico. O mundo empresarial também passa por um momento de transformação por conta dessa tecnologia. Tanto com as possibilidades de novos negócios quanto com a adequação de atividades já consagradas no ambiente off-line.

Confira a seguir algumas aplicações da internet das coisas que podem se configurar em oportunidades de negócios:

Agricultura inteligente

Umidade, velocidade do vento, comportamento das chuvas, enfim, uma série de variáveis que interferem na produtividade agrícola podem ser monitoradas por meio de sensores utilizando a internet das coisas. Assim, é possível gerenciar a lavoura, sabendo qual o melhor momento para o plantio ou como deve ser feita a irrigação, por exemplo.

Medicina mais eficaz

Sua relação com seu médico deverá mudar com o uso da internet das coisas. Sem sair de casa, você poderá utilizar a internet das coisas para transmitir informações sobre seu estado de saúde.

Frota monitorada

A internet das coisas pode ser utilizada para monitorar o desempenho dos veículos de sua empresa. Por meio de sensores é possível saber, por exemplo, se o consumo de combustível está mais alto do que o esperado. Ou até mesmo se o motor apresenta algum tipo de problema ou desgaste.

De posse dessas informações é possível antecipar o momento da manutenção, prevenindo defeitos que possam retirar o veículo de operação.

Transporte inteligente

Por exemplo, imagine o ponto de ônibus que lhe avisa em tempo real a que distância está seu ônibus, em quanto tempo ele chegará ao ponto final e quais as condições de trânsito até o seu destino. Isso é possível com a internet das coisas.

Pós-vendas e reposições

Por meio da internet das coisas, uma empresa poderá monitorar o desempenho dos componentes de produtos já vendidos e que se mantenham conectados.

Assim, será possível prevenir desgastes e antecipar a necessidade do cliente de reposição ou manutenção.

Trata-se de uma aplicação excelente para quem vende, que pode programar seus estoques e serviços para aquele atendimento. Assim como também para quem compra, pois não precisa procurar a manutenção nem é surpreendido por uma quebra ou defeito.

A internet das coisas aliada à inteligência artificial

À medida que a internet das coisas vai se popularizando e ampliando seus usos, cresce entre os profissionais a expectativa sobre sua aplicação vinculada à outra tendência em crescimento: a inteligência artificial.

A inteligência artificial (IA) é uma área da ciência da computação que busca desenvolver dispositivos capazes de simular nossa capacidade de raciocinar e tomar decisões mediante determinadas diretrizes.

De fato, essim como a internet das coisas, a inteligência artificial já é uma realidade em nossas vidas. Ela está presente em aplicativos de segurança, dispositivos robóticos e em sistemas de reconhecimento de voz, por exemplo.

Agora, com a popularização da internet das coisas, essas duas tecnologias abrem um leque gigantesco de possibilidades de novas aplicações. Inicialmente, o cruzamento entre elas permitirá o desenvolvimento de diversas inovações no que se refere a sistemas de gestão.

A inteligência artificial aplicada à internet das coisas deverá funcionar como uma tela em branco para o desenvolvimento de novos produtos ou serviços.

Ou seja, a capacidade da primeira em depurar com eficiência um volume elevado de dados, aliada às possibilidades que a segunda tem de interação com os usuários representa opções praticamente infinitas.

Juntas, essas duas tecnologias apresentam um novo paradigma, na medida em que se complementam. Portanto, a inteligência artificial entra com a captação e o processamento dos dados. Já a internet das coisas com sua propriedade de entregar, em tempo real, o produto ou serviço aos usuários.

Enfim, a internet das coisas deverá promover uma verdadeira revolução tanto no cotidiano das pessoas quanto nas oportunidades de novos negócios ou aplicações naqueles já existentes.

E na sua empresa, a internet das coisas já é uma realidade? Compartilhe sua experiência nos comentários no post.

Translate

Logística

Gestão de depósitos e silos

Posição física e financeira, em tempo real, de todo o estoque de grãos.

Análises por grãos, clientes, moedas e unidades de recebimento.  

Otimização da logística interna.  

Melhor eficiência administrativa do silo e armazém.

Soluções

Roteirização Inteligente

Evite a perda de produtos ocasionada pelo acondicionamento incorreto em transportes de longas distâncias.

Defina a rota mais viável

Conte com assistência de recomendação das melhores rotas de contorno para o condutor.

Previsão de demanda

Simule cenários de produção, antecipa a demanda produtiva e realize ajustes na operação com base em insights extraídos dos dados.

Automação de processos

Reduzo riscos e aumente a produtividade automatizando fluxos de automação de processos que demandam pouco ou nenhuma tomada de decisão.

SGA Bot

Conte com informações detalhadas da operação na palma de suas mãos por meio de um assistente inteligente.

Interessado?